Empresário x Funcionário

18 de maio de 2020
 - por Cláudia Baraúna

Muitos especialistas sonham em ter o seu próprio negócio e não precisar “dar satisfação” para ninguém, poder criar, colocar as ideias em prática e, principalmente, poder provar para todos e para si mesmo que é um profissional de sucesso, ter o status de ser empresário e a possibilidade de uma renda que jamais sonharia trabalhando como funcionário em uma empresa.


Será mesmo que ser especialista garante que você terá sucesso como empresário?


Eu constatei que muitos dos especialistas vivem um dilema: eles são apaixonados pelo que fazem.

Isso passa a ser um sofrimento quando se tornam empresários porque, na maioria das vezes, não ficam apenas com a mão na massa, executando a atividade que tanto amam e dominam.

O especialista, agora empresário, precisa assumir outros papeis ao qual está pouco ou nada acostumado, e isso começa a roubar o tempo que ele gostaria de dedicar a produção do produto ou a prestação do serviço. Ele se frustra!


O papel de empreendedor exige outras habilidades sejam desenvolvidas e as maiores habilidades são conhecer as diversas atividades de uma empresa e tomar decisões. Algumas dessas tarefas que “roubam” tempo podem ser delegadas para terceiros, mas a GESTÃO FINANCEIRA é uma das poucas atividades difíceis de ser delegada quando pensamos em um pequeno empresário.


Uma possível saída é ter um sócio que possua essa expertise. Se esse não é o seu caso, você precisará desenvolver conhecimento suficiente de gestão financeira que te permita gerir seu negócio para o sucesso.


Embora muitas habilidades você possa ir desenvolvendo ao longo do tempo conforme a empresa for crescendo, a gestão financeira vai ser necessária em todas as fases do seu negócio, desde quando você começa a pensar em abrir e se estende durante toda a vida da empresa. 


A gestão financeira empresarial envolve muitas questões, como:

- Análise de viabilidade antes de abrir a empresa

- Precificação dos produtos e/ou serviços

- Administração do fluxo de caixa 

- Apuração do lucro


Entre tantas outras como indicadores essenciais na tomada de decisão e que te ajudam a saber qual direção seguir.

É indiscutível que a gestão financeira é uma importante ferramenta para que você possa “remar” na direção do sucesso. E claro, sempre ajustar a rota para crescer e ir para o próximo nível.


E então, o que é melhor? Ser empresário ou funcionário?


Não existe resposta certa ou errada. A sua escolha precisa estar alinhada com o quão disposto você está para aprender novas habilidades que o seu negócio próprio exigirá para ter sucesso e aí fazer acontecer!